5 formas erradas de estudar programação de computadores

Nesse vídeo você vai conhecer 5 formas erradas de estudar programação de computadores. Conheça e evite-as.

A primeira forma que eu considero errada, é através da leitura passiva, ou seja, apenas ler e não escrever nada de código. No entanto, se você estiver com um computador do lado, disposto a ler e praticar na medida em que for aprendendo, isso deixa de ser um problema e passa a ser uma ferramenta de estudo muito interessante. Mesmo que no livro, não contenha exercícios explícitos, é legal que você pegue aqueles códigos que são demonstrados nas páginas do livro, e faça-os rodar em seu computador para que você possa fixar o máximo possível do conteúdo lido.

A segunda forma que dificilmente irá te ajudar muito, é assistindo vídeos de forma passiva, isto é, você deita e começa a ver videoaulas de programação, mas não coloca a mão na massa e não escreve código. Lembre-se que imaginar-se um programador, não vai torna-lo um programador. Então assim como foi falado a respeito dos livros, é interessante sim que você veja as videoaulas, mas que tenha um computador do lado e esteja disposto a praticar e colocar a mão na massa.

Outra forma errada de estudar programação, é copiando e colando códigos prontos que você encontra na internet de outros programadores. É muito comum ver as pessoas copiando e colando código de tutoriais, achando que estão aprendendo. No entanto, se você só copia e cola, dificilmente o conteúdo será fixado na sua cabeça. Principalmente se você está começando do zero, pois até os erros cometidos quando estamos aprendendo, são importantes, e se você copia e cola, você não vai cometer esses erros que por incrível que pareça, contribuem para sua formação.

A quarta forma que eu considero errada de se aprender programação, é através de ferramentas visuais, como o Scratch, que te possibilita criar pequenos jogos e aplicativos apenas arrastando blocos coloridos, que representariam as linhas de código que você deveria escrever se estivesse usando uma linguagem real. Contudo, o Scratch pode ser útil para crianças, pois elas as vezes ainda têm dificuldades de usar o teclado etc.

A quinta e última forma que eu considero errada de aprender programação, é usando o chamado Portugol, que é uma pseudo-linguagem de programação, que você escreve o código em português. Porém, como eu disse, é uma pseudo-linguagem, e em nenhum momento da sua carreira você vai desenvolver grandes aplicativos usando o Portugol. Eu acredito que trocar o inglês pelo português, acaba deixando o iniciante em programação mal-acostumado, pois todas as linguagens de programação que eu conheço são em inglês. Na minha opinião, o Portugol acaba inibindo os erros do iniciante em programação, quando na verdade, errar é importantíssimo para a formação de um programador.

E pra você que não conhece, eu queria te convidar pra conhecer o Playcode Express, que é um curso 100% online, através de videoaulas simples e fáceis de entender. O objetivo desse curso é ensinar programação a quem não sabe absolutamente nada de programação. No decorrer desse curso, você vai aprender usando código de verdade com uma linguagem de verdade.

Se você quer conhecer mais sobre o Playcode Express, clique neste link -> https://goo.gl/96MNLK

É isso aí, essas são as cinco maneiras que eu considero erradas de estudar programação.
Grande abraço, até mais.

Receba Dicas Grátis

Aprenda como se tornar um programador profissional de nível internacional disputado por empresas do mundo todo.

You might also like More from author