Trabalho Remoto: 7 passos para conseguir o seu esse ano ainda

Se você participa da nossa comunidade no Playcode Makers, provavelmente você já é um bom programador ou em breve será um. Além disso, você já tem um portfólio, talvez você já contribua para projetos open source e você tem alguns side-projects (Projetos Paralelos) no GitHub para mostrar a qualidade do seu código. E agora, onde encontrar um trabalho remoto?

Nota Importante: Sempre que falo sobre trabalho remoto, me refiro a um mercado global, onde tem muito mais vagas do que se considerarmos apenas o Brasil. Infelizmente o Brasil ainda está engatinhando em relação a trabalho remoto, mesmo quando falamos de startups que dizem ser descoladas e diferentes de empresas tradicionais. Portanto, saber se comunicar em inglês é fundamental para ter mais chances de conseguir um trabalho remoto. Se você ainda não se comunica em inglês, comece a estudar hoje mesmo através de soluções gratuitas como o aplicativo Duolingo ou através de um programa completo para aprender inglês do absoluto zero ao avançado com aulas focadas na conversação

Outros artigos que tem por aí, vão dar a você uma lista de Websites onde você poderá encontrar trabalhos remotos acessíveis. Você pode encontrar aqueles que se adequam a você, envia seu currículo, carta de apresentação e portfólio, e espera que eles chamem você, certo?

Bom, pode até funcionar, mas se você pensa seriamente em trabalhar remotamente, aqui vai uma informação muito importante: 

É estimado que quase 80% dos empregos remotos nunca sejam divulgados, mas são preenchidos internamente ou via networking (rede de contatos).

Como você aproveita esse grande número de oportunidades?

A resposta óbvia é networking (rede de contatos). E isso, claro se aplica a trabalhos não remotos também. Contudo, networking com pessoas, por definição, que vivem ao redor do mundo, é muito mais difícil do que com pessoas que moram na mesma cidade.

Aqui estão 7 passos que você precisa seguir para fazer networking com pessoas que trabalham em empresas que oferecem trabalhos remotos, para você finalmente obter uma indicação.

Trabalho Remoto

Passo #1 para o Trabalho Remoto: Faça uma Lista

Primeiro, crie no Google Docs uma planilha com uma lista de empresas conhecidas por trabalharem de forma remota.

Conheço o remotive.io contendo mais de 600 empresas que oferecem trabalhos remotos e também o weworkremotely.com, que já postou mais de 74.440 trabalhos remotos até o momento.

Se você conhecer algum outro site útil, me envie um direct no Instagram.

Passo #2 para o Trabalho Remoto: Siga-os

Usando a planilha que você criou, siga as empresas e seu CEO no Twitter. Além disso, você pode usar o Twitter ou Linkedin para procurar outras pessoas que trabalham naquela empresa. Crie uma lista no Twitter com todos eles.

Agora, visite Websites dessas empresas e inscreva-se em suas newsletters (Boletins informativos) se eles tiverem um.

Você entendeu a ideia. Tenha certeza de que você tem muitas maneiras de saber sobre o que aquelas empresas estão falando e os eventos que eles estão organizando.

Passo #3 para o Trabalho Remoto: Engaje

Uma ou duas vezes por dia use a lista que você criou no Twitter para ler todas as atividades de pessoas que trabalham nessas empresas. Se eles postarem alguma coisa interessante, engaje-se com eles: Likes, retweets e comentários podem fazer uma grande diferença se você for consistente.

Desde que você tenha se inscrito nas suas newsletters e você está seguindo eles no Twitter, você vai saber a próxima vez que eles organizarem um evento. Desde que tenham equipes remotas, é provável que muitos desses eventos aconteçam online.

Participe desses eventos de forma mais ativa possível. Talvez um Hackathon, monte um time, ou então em uma AMA (Ask me anything) Faça perguntas!

Passo #4 para o Trabalho Remoto: Conheça-os

Obviamente você não pode voar por todas cidades onde um desenvolvedor remoto vive para conhecê-los pessoalmente. Contudo, existe uma maneira de conhecê-los quando muitos deles estão em um mesmo lugar.

Vá a eventos de tecnologia, onde sempre tem muitos programadores que trabalham remotamente, sendo prestando serviços como freelancer ou trabalhando em empresas de tecnologia que abraçam o trabalho remoto.

Passo #5 para o Trabalho Remoto: Contribua

Empresas estão cada vez mais optando por liberar alguns de seus códigos e bibliotecas como 100% open source (Por exemplo, GitLab). Se esse for o caso, comece a procurar maneiras para contribuir com os códigos delas.

Essa é uma das melhores maneiras que você pode conseguir encontrar pessoas e eventualmente obter uma forte indicação.

Mesmo se você acabar não recebendo uma indicação, sendo um colaborador de código aberto vai definitivamente obter algum respeito de potenciais empregadores

Passo #6 para o Trabalho Remoto: Peça indicações

Se você seguir todas as etapas anteriores, você vai começar a se conectar com pessoas que trabalham remotamente, e você construirá relacionamentos. Eventualmente, você deve dizer a eles que está procurando emprego, e peça-os para ter você em mente se uma oportunidade aparecer.

Claro, você também deve olhar suas postagens de emprego muitas vezes, e se eles postarem algum cargo, você deve entrar em contato com sua rede de contatos e pedir uma indicação.

Eu tenho visto muitas pessoas aplicando essas dicas com sucesso, e espero que você aproveite-as também. No fim a lição é sempre a mesma: networking e relacionamentos são tudo.

Esqueça aquela ideia do programador caladão e anti-social. Isso simplesmente não funciona mais hoje em dia, você precisa sim melhorar suas habilidades de comunicação e começar a conhecer pessoas.

Receba Dicas Grátis

Aprenda como se tornar um programador profissional de nível internacional disputado por empresas do mundo todo.